Converter SQL Azure para dBase

O Full Convert foi projetado para ser fácil de usar e confiável para garantir que você conclua seu trabalho da forma mais rápida e simples possível.

SQL Azure também é conhecido como Azure, Microsoft Azure, SQL Server Azure

Facilitando a migração para você

Full Convert é um software totalmente auto-ajustável. Sua migração funcionará conforme o esperado sem que você precise ajustar nada.

Os tipos de dados são diferentes em dBase em comparação com SQL Azure. Nós os ajustamos automaticamente à medida que copiamos as tabelas para que você não precise se preocupar com isso. Você pode ajustar as regras de mapeamento se desejar alterar os seguintes padrões:

  • bigint numeric(20)
  • binary varbinary(10) (if version is 3)
  • binary varbinary(4) (if version is vfp)
  • bit logical(1)
  • datetime date(8) (if version is 3)
  • datetime2 date(8) (if version is 3)
  • datetime2 datetime(8) (if version is vfp)
  • datetimeoffset date(8) (if version is 3)
  • datetimeoffset datetime(8) (if version is vfp)
  • decimal numeric
  • float double(8)
  • geography text(10)
  • geometry text(10)
  • hierarchyid char(254)
  • image varbinary(10) (if version is 3)
  • image varbinary(4) (if version is vfp)
  • int integer
  • money numeric(19,4)
  • nchar char
  • ntext text(10) (if version is 3)
  • ntext text(4) (if version is vfp)
  • nvarchar char
  • nvarchar(max) text(10) (if version is 3)
  • nvarchar(max) text(4) (if version is vfp)
  • smalldatetime date(8) (if version is 3)
  • smalldatetime datetime(8) (if version is vfp)
  • smallint integer(4)
  • smallmoney numeric(19,4)
  • smallmoney numeric(19,4)
  • time char(5) (if version is 3)
  • time datetime(8) (if version is vfp)
  • timestamp varbinary(10) (if version is 3)
  • timestamp varbinary(4) (if version is vfp)
  • tinyint integer(4)
  • uniqueidentifier char(36)
  • varbinary(max) varbinary(10) (if version is 3)
  • varbinary(max) varbinary(4) (if version is vfp)
  • varchar char
  • varchar(max) text(10) (if version is 3)
  • varchar(max) text(4) (if version is vfp)
  • xml text(10) (if version is 3)
  • xml text(4) (if version is vfp)

Migração Full Convert em 4 etapas fáceis

1.
SQL Azure connection

SQL Azure

Escolheremos o SQL Azure da lista de mecanismos de bancos de dados origem disponíveis, já que o SQL Azure é apenas uma versão especial do SQL Server.

Para conectar ao SQL Azure você precisará informar sua URL de servidor no campo Servidor e o restante é padrão (nome do usuário, senha e nome do banco de dados). Só se certifique de conectar usando a autenticação do SQL Server, em vez da autenticação do Windows.

2.

dBase

Selecionaremos dBase no menu suspenso e preencheremos os parâmetros de conexão.

dBase connection
3.

Comece a conversão

Todas as tabelas de origem são selecionadas para conversão por padrão. No caso de você precisar apenas de algumas tabelas, simplesmente desmarque as que você não precisa - ou desmarque todas e selecione apenas as tabelas de que você precisa. Clique no botão Copiar seu banco de dados para começar.

4.

Conversão

A conversão é altamente otimizada para ser executada o mais rápido possível, mas fornece confiabilidade de alto nível. Enormes tabelas são convertidas em pequenos pedaços de cada vez, preservando a memória e garantindo que seu computador permaneça rápido e responsivo.

Data copying from source to target
Target database browser

Os dados agora estão no banco de dados de destino

Use nosso navegador de banco de dados embutido para examinar os dados copiados. Claro, você também pode examinar a conversão em detalhes e ver informações detalhadas para cada tabela.

Pronto para mergulhar?
Execute Full Convert hoje

Oferecemos garantia incondicional de devolução do dinheiro em 60 dias.
Você será ajudado diretamente por pessoas que criaram essa tecnologia.

Migrações semelhantes