Sobre o Apache Derby (também conhecido por JavaDB e IBM Cloudscape)

O Apache Derby é um subprojeto da Apache Software Foundation. É uma das suas soluções de qualidade-comercial, para bancos de dados em open source licenciada para distribuição gratuita ao público.

As raízes do Derby vêm do banco de dados JDMS desenvolvido em 1997. Renomeado de Cloudspace, e depois adquirido pela Informix, que também adquiriu a IBM em 2001. A IBM doou o código do banco de dados à Apache em 2004.

O Derby se baseia nos padrões Java, SQL e JDBC. Inclui um driver JDBC embutido, para que possa ser incluído em qualquer aplicativo Java. O Derby é extremamente pequeno - o motor do banco de dados e o seu driver embutido apenas consomem 2.6MB de espaço. Pode até ser usado no modo cliente/servidor, não só como uma solução embutida.

É muito fácil para os aplicativos Java usarem o Derby para armazenarem dados. Contudo, não é uma solução cliente/servidor muito boa. Tendo em conta o desempenho baixo, você pode querer reconsiderar a sua escolha a não ser que a única coisa que precise seja um banco de dados embarcado (uma alternativa também bem conhecida pode ser o SQLite). Os utilizadores consideraram o Derby um banco de dados bem sólido. Mas não esqueça o desempenho modesto. Entradas mais complexas baixam significativamente o desempenho do Derby. Numa comparação entre o H2, HSQLDB e Derby, o Derby mostrou ser o mais lento dos bancos de dados com Java embutido.

A Sun Corporation lançou o Derby como JavaDB no JDK 6, e hoje em dia a Oracle (que comprou a Sun) continua essa prática. A IBM lançou o Derby como Cloudspace.

Todos os nossos aplcicativos são .NET. Optámos por suportar o Derby baseado em Java migrando-o para a plataforma .NEt usando o IKVM.NET, que automaticamente migra o bytecode do Java para o bytecode do .NET. Portanto, temos suporte nativo para Derby, capaz de ler, escrever e consultar Derby.